Mariana Braz

Mariana Braz é imigrante há cinco anos, é mestre em Psicologia Clínica, e tem atuado com apoio emocional à mulheres imigrantes em diversos países, particularmente mulheres que vivenciaram assédio e discriminação motivados por sua raça, etnia, gênero e nacionalidade, e mulheres sobreviventes de violência doméstica. Por sentir falta de um espaço de acolhimento onde essas mulheres pudessem falar sobre suas experiências, criou o Brasileiras Não Se Calam, projeto que tem como objetivo acolher mulheres brasileiras imigrantes, suas histórias, e suas dificuldades no processo de imigração enquanto mulheres que nasceram em um país que foi colonizado.


Formação profissional

Mariana Braz é mestre em Psicologia Clínica, técnica de apoio à vítima, e tem formação em prevenção e combate à violência contra as mulheres e à violência doméstica, e formação em estudos em psicanálise, racialidade e gênero.


Experiência profissional

Grupos de apoio emocional online
Experiência com grupos de apoio emocional destinados a mulheres imigrantes, prestando apoio emocional à mulheres que vivem em diferentes países e em diversos contextos.

Trabalho com mulheres sobreviventes de violência doméstica
Experiência no trabalho com mulheres imigrantes sobreviventes de violência doméstica, tendo formação técnica em atendimento e apoio à vítimas de crime e atuando durante dois anos em uma instituição que trabalha com esse público.

Plantão psicológico
Experiência no trabalho com plantão psicológico, prestando apoio emocional a pessoas em situação de extrema fragilidade emocional durante um ano em uma clínica social.